sábado, 3 de julho de 2010

No meio do caminho tinha uma laranja...


......tinha uma laranja no meio do caminho.
Vai Brasil Vem Brasil
by: blog da Michele

O Brasil caiu na Copa. Viva o Brasil!!

Foi apenas um jogo de futebol, mas como dói.
Dói, sobretudo, porque nosso time começou jogando bem, como talvez não tenha feito tanto durante todos os jogos anteriores.
Um gol, meio por acaso, meio por confusão, e se foram nossos nervos.
É humano.
Pena essa tristeza, mas que bom tanta alegria.
E que bom tantas lições para todas as coisas na vida.
Jamais perder a calma, jamais perder o juízo.
Não achar que se pode decidir um jogo “quando a gente quiser”.
Vale pra tudo na vida.
Como vale combater a cada minuto, fazer de cada batalha a batalha decisiva.
E de derrotas, a vontade de vencer.
E essa vontade de vencer, a do povo brasileiro, não se perde numa Copa, numa década, num século.
Viva o Brasil e o povo brasileiro.
Brizola Neto

Canção para Dunga e Seleção

Careless Whisper

Richard Marx - Right Here Waiting For You

Esta noite sonhei contigo


Esta noite sonhei contigo
com o teu beijo e o teu abraço
com a tua cumplicidade e o teu carinho
esta noite sentei-me no teu colo
demorei-me nos teus braços
rocei os lábios na tua pele
esta noite perdi-me no teu olhar
senti o calor das tuas mãos
senti a paz de estar contigo.

(Helena Fonseca)

 By: blog da Michele

Os ombros suportam o mundo

"Chega um tempo em que não se diz mais: meu Deus.
Tempo de absoluta depuração.
Tempo em que não se diz mais: meu amor.
Porque o amor resultou inútil.
E os olhos não choram.
E as mãos tecem apenas o rude trabalho.
E o coração está seco.
Em vão mulheres batem à porta, não abrirás.
Ficaste sozinho, a luz apagou-se,
mas na sombra teus olhos resplandecem enormes.
És todo certeza, já não sabes sofrer.
E nada esperas de teus amigos.
Pouco importa venha a velhice, que é a velhice?
Teus ombros suportam o mundo
e ele não pesa mais que a mão de uma criança.
As guerras, as fomes, as discussões dentro dos edifícios
provam apenas que a vida prossegue
e nem todos se libertaram ainda.
Alguns, achando bárbaro o espetáculo
prefeririam (os delicados) morrer.
Chegou um tempo em que não adianta morrer.
Chegou um tempo em que a vida é uma ordem.
A vida apenas, sem mistificação."
Drummond

Espelho distorceu imagem do PSDB

Sem sorte, sem arte e sem bater um bolão
Maria Inês Nassif, no Valor Econômico.
Um velho amigo jornalista, o José Roberto de Alencar e Silva, resolveu ser setorista de paraíso há uns anos e de forma pouco leal: um cara que nunca teve saúde, convenhamos que não podia simplesmente ter se livrado da pouca que tinha sem preparar muito bem seu séquito de irmãos, irmãos tortos, amigos, ex-mulheres, namoradas, ex-namoradas, que continuam irredutivelmente órfãos dele.

O espelho de Serra

Próprio para vampiros!

:Tô vendo tudo, via Com textolivre

Lula e os Nordestinos



Falar da tosca pesquisa do DataFolha que diz que Serra está por um nariz na frente, é bobagem. É jogar gás carbônico na atmosfera.
Serra só ganha na Folha e no Ibope. 
Mas isso você já sabe. O mundo já sabe. É a "elite" brasileira falando pra ela mesma.

Quem acredita ainda na FSP- Força Serra presidente-? ( mais conhecida como: Folha de São Paulo)

Por Emir Sader Carta Maior

O jornal que emprestou seus caros para a Operação Bandeirantes, disfarçada de jornalistas, levar a cabo prisões arbitrárias, fuzilamentos sumários de detidos, conduzir os sobreviventes para tortura, para a desaparição, para a morte.

A natureza política do caos na campanha de Serra

Os problemas envolvendo a composição da chapa de José Serra não se resumem à biografia política do deputado Índio da Costa. Não se trata exatamente de ausência de programa. Serra e o PSDB têm um programa político e ele pode ser visto na maneira como governam estados como São Paulo, Rio Grande do Sul e Minas Gerais. No entanto, diante do êxito das políticas do governo Lula, interna e externamente, e da comparação com o que foi feito no governo FHC, Serra ficou sem espaço. A necessidade de esconder a agenda do PSDB e de inventar um discurso é uma das causas políticas reais das incríveis confusões da candidatura tucana. 

Editorial, Carta Maior

Trevas ao meio-dia na Barão de Limeira

A ESCURIDÃO NO FIM DO TÚNEL – SURGE GILMAR DANTAS/SERRA MENDES – E O DATA MENTIRA FOLHA

Laerte Braga

Estava faltando, onde já se viu trapaça de grande porte, bandalheira de assustar criança, habeas corpus para Daniel Dantas, liminar para Heráclito Fortes, esse tipo de “negócio” sem o brilho corrupto e impávido de Gilmar Mendes?

Ou sem pesquisa montada para José Arruda Serra, tudo acertadinho pela porta dos fundos, dinheiro por baixo do pano e absoluta falta de caráter e integridade, ou coisa que o valha?

Supremo joga "Ficha Limpa" no lixo

STF suspende efeitos da Ficha Limpa pela segunda vez

Como todos que já tenham passado em frente a uma faculdade de direito já sabiam, essa "lei" não durou uma semana. Lei nenhuma pode se sobrepor à Constituição, lei maior do país. Negar a um elemento qualquer o direito constitucional de votar e ser votado ANTES de esgotado seu direito de defesa, antes de transitado em julgado sua condenação sem mais recurso possível é ridículo, idiota e fascista.

Por que não fazem uma lei punindo o eleitor burro que vota em candidato sem-vergonha? Teria o mesmo valor e a mesma lógica. É um direito inalienável do cidadão votar em um bandido de sua preferência para representá-lo. O resto é bobagem.

Movimentos moralistas como o Mãos Limpas da Itália e outros similares, terminam sempre elegendo ditadores fascistas ou bandidos descarados como Berlusconi. Esse desqualificado elegeu-se no vácuo deixado pela desmoralização dos partidos políticos da Itália, causado pelo festival de denúncias sem provas que acabaram jogando todos numa vala comum. No lugar dos políticos malvados elegeram um empresário de sucesso que nem partido político tem, usa uma coisa chamada Força Itália, uma torcida organizada, um sujeito que não precisa roubar, afinal já é milionário, não é? O mais corrupto e indecente governante que a Itália já teve, incluindo Mussolini, que era assassino, mas não era ladrão.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Datafolha falsifica pesquisa para levantar fundos para campanha moribunda de Serra

Ao contrário dos profetas midiáticos que sabem de tudo DEPOIS que as coisas aconteceram, Eduardo Guimarães "previu" o resultado da "pesquisa" do Datafolha de hoje e do Ibope, que nem saiu ainda, ONTEM.

O motivo está claríssimo e não é necessário repetir em detalhes. A pesquisa destina-se exclusivamente a indivíduos burros e cheios de dinheiro para dar à campanha de José Serra. A opinião do resto do mundo não interessa, o Datafolha não tem um nome a zelar, tem dívidas a pagar.





Outra pesquisa “conveniente” do Datafolha

por Luiz Carlos Azenha

A mais recente pesquisa Datafolha parece tão fora da curva quanto aquela anterior, que acompanhou o lançamento oficial da candidatura de José Serra. Então, graças a um repentino aumento da preferência entre eleitores do Sul, José Serra “abriu” vantagem de nove pontos sobre Dilma Rousseff (para saber mais sobre a pesquisa divulgada no dia 27 de março, clique aqui).
Desta vez, quando três outros institutos registraram o avanço  e a liderança de Dilma, o Datafolha produziu um empate técnico (Serra teria 39%, Dilma 38%) sem que houvesse uma justificativa factível para essa repentina mudança de rumo. Curiosamente, mais uma vez o crescimento de Serra se baseia num aumento da preferência de eleitores sulistas (no Sul, de acordo com o Datafolha, Serra passou de 38% a 50%). Será que os sulistas são mais suscetíveis à propaganda eleitoral do PSDB na TV?
Sabemos que existem diferenças de método entre os diversos institutos de pesquisa, que podem responder pelas diferenças entre Vox Populi, Sensus, Ibope e Datafolha. Sabemos, no entanto, que as pesquisas refletem tendências gerais do eleitorado e nada aconteceu nas últimas semanas que justifique uma reversão repentina das curvas de Serra e Dilma.
De qualquer forma, alguns detalhes me chamaram a atenção:
– Um dia antes da divulgação da pesquisa, já circulavam na internet as justificativas do PSDB para a repentina mudança no quadro eleitoral, como eu mesmo reproduzi, a partir do R7, aqui;
– O tracking do PSDB (levantamento diário feito a partir de pesquisa telefônico) não é confirmado pelo tracking do PT, pelo contrário, os números internos da campanha de Dilma apontam aumento na diferença entre os dois candidatos, com vantagem crescente da ex-ministra;
– Os números da Folha vieram acompanhados de “análises” que tem algo em comum: a sustenção do argumento conveniente para a campanha de Serra na atual conjuntura, aquele de que  a campanha vai começar oficialmente com os dois candidatos zerados, empatados;
– Na mesma página que traz os resultados da pesquisa, uma coluna da Folha atribui  o resultado, em parte, à decisão de Dilma Rousseff de evitar “alguns debates e sabatinas”. Em junho, 30% dos entrevistados disseram ter visto alguma entrevista com Serra; 25% disseram o mesmo em relação a Dilma. Isso não prova nada. E se o eleitor viu mais o Serra e não gostou? O que a coluna da Folha omite é que Dilma não aceitou o convite para participar de uma sabatina da Folha. Em outras palavras, o jornal está tentando dizer, sem dizê-lo, que Dilma perdeu votos ao não aceitar o convite do jornal. Como seria muito patético dizer isso abertamente, o jornal apenas sugere essa possibilidade.

Denúncia.




Recebi uma denúncia de fonte que não quer se identificar e que repercuto porque estará comprovada ou não em muito pouco tempo.
Serei curto e grosso: Datafolha, Ibope e o PSDB teriam acertado o uso das margens de erro dos dois institutos para fazer com que Dilma e Serra voltem à situação de empate técnico.
Segundo a denúncia, apesar da investigação da Polícia Federal sobre os institutos de pesquisa, a margem de erro poderá ser usada , pois não haveria como comprovar seu uso.
A comprovação da fraude se dará se tanto Ibope quanto Datafolha apresentarem o mesmo resultado, ou seja, empate técnico nos dois institutos, porém dentro da margem de erro.
O objetivo da fraude seria o de estancar a fuga de recursos financeiros da candidatura de Serra que se agravou depois da pesquisa Datafolha de junho, que mostrou o tucano empatado com Dilma.
De qualquer forma, o Movimento dos Sem Mídia já estava se preparando para oferecer mais evidências de fraude não só ao Ministério Público, mas, também, à Polícia Federal.
A possível nova fraude só reforçará nossa argumentação.
Atualizado às 23h19m
blog da cidadania

É hoje...mais um dia sem Globo!!!

REMEMBER I LOVE YOU - JIM DIAMOND

Dica do "remador" Wagner Ballak, de Ubatuba

Ainda Te Espero Amor



Ainda te espero amor;
ao fenecer do dia, nas manhãs atarefadas,
nas tardes caladas, te espero.

Nas vigílias, no frio da madrugada,
retirada do mundo, te aguardo.

Quando a noite expelir do seu útero o sol,
continuarei esperando que a vida
um dia de mim se compadeça
e te traga aos meus braços
para que de amor eu não feneça.

 by: pensamentos da Mila

Rir é o melhor remédio!!!

Colaborou o leitor e "remador" Silvio Bonfiglioli Neto, de Ubatuba


AÍ A BRIGA COMEÇOU....

Minha esposa sentou-se no sofá junto a mim, enquanto eu passava pelos canais.
Ela perguntou: - O que tem na TV?
Eu disse: - Poeira. 
         
 Aí a briga começou..

Minha esposa estava dando dicas sobre o que ela queria para seu aniversário que estava próximo.
Ela disse: - Quero algo que vá de 0 a 100 em cerca de 3 segundos.
Eu comprei uma balança para ela.
  
Aí a briga começou...


Quando cheguei em casa ontem à noite, minha esposa exigiu que a levasse a algum lugar caro.
Então eu a levei ao posto de gasolina.
    
Aí a briga começou...


Depois de aposentar-me, fui até o INSS para poder receber meu benefício. A mulher que me atendeu solicitou minha identidade para verificar minha idade. Chequei meus bolsos e percebi que a tinha deixado em casa. Disse à mulher que lamentava, mas teria que ir até minha casa e voltar depois. A mulher disse: - Desabotoe sua camisa.
Então, desabotoei minha camisa deixando exposto meus cabelos crespos prateados. Ela disse: - Este cabelo prateado no seu peito é prova suficiente para mim. E processou meu benefício.
Quando cheguei em casa, contei entusiasmado o que ocorrera para minha esposa.
Ela disse: - Por que você não abaixou as calças? Você poderia ter conseguido auxilio-invalidez também...
    
Aí a briga começou...


Minha mulher estava nua, se olhando no espelho do quarto de dormir. Ela não está feliz com o que vê e diz: - Sinto-me horrível; pareço velha, gorda e feia. Eu realmente preciso de um elogio seu.
Eu disse: Sua visão está ótima!
     
Aí a briga começou..


Voltei do médico após uma consulta e minha esposa toda preocupada, pergunta-me:
- E então, o que o médico lhe disse?
De pronto, eu respondi:
- A partir de hoje, não faremos mais amor, estou proibido de comer qualquer coisa gorda.
     
Aí a briga começou...

Recebi este e-mail e repassei para minha esposa . . . . 
Aí a briga começou... 

Eleições no Brasil definirão velocidade do progresso do país, diz 'Economist'


Da esquerda para a direita, José Serra, Marina Silva e Dilma Rousseff, candidatos à Presidência (Fotos: Agência Brasil)
'Economist' cita Serra, Marina e Dilma como principais candidatos no pleito
A revista britânica The Economist traz em sua edição desta semana um longo artigo sobre a disputa presidencial no Brasil e afirma que, depois de 16 anos de estabilidade dos governos Lula e Fernando Henrique Cardoso, o que está em jogo agora é a velocidade do progresso do país.
Traçando um amplo panorama dos oito anos de governo Lula, a publicação diz que o presidente é uma figura dominante na campanha deste ano e afirma que o recente crescimento da candidata petista Dilma Rousseff nas pesquisas de opinião indica que Lula conseguiu transferir parte de sua popularidade para ela.
“Isto torna o trabalho de (José) Serra (candidato do PSDB) excepcionalmente difícil” diz a publicação. “Ele está lutando para fazer sua experiência contar em uma eleição onde a maioria dos brasileiros – especialmente nas áreas mais pobres – quer continuidade”.
Economist atribui os altos índices de aprovação do governo Lula ao fato de seu governo ter registrado um crescimento econômico estável aliado a uma redução nos níveis de pobreza.
“As estatísticas de progresso social no Brasil são notáveis”, diz a revista citando programas sociais como o Bolsa Família. “De diversas formas, o Brasil está começando a se tornar uma sociedade mais homogênea”.
Escolha
Citando indicadores favoráveis do governo Lula, a Economist, no entanto, afirma que eles são resultados de esforços anteriores, como o controle da inflação e a estabilidade conquistados durante a administração de Fernando Henrique Cardoso.
Para a revista, Lula merece elogios “por não ter imitado o populismo econômico” de outros líderes de esquerda latino-americanos, mas a publicação discute o tamanho da presença do Estado na economia e enumera diversos problemas que terão que ser enfrentados pelo próximo presidente, como gargalos de infraestrutura e o deficit na Previdência.
Afirmando que os eleitores terão em outubro uma escolha entre um Estado forte, mas mais “magro”, defendido por Serra, e um Estado que promova o desenvolvimento industrial e distribua ganhos, como quer Dilma, a revista diz que, nos próximos meses, os candidatos terão que responder como irão sustentar o legado de Lula e construir a partir dele.
BBC Brasil

A Veja, mais uma vez...Casamento de Índio com Cacciola, na Veja, agora é “relacionamento”

Colaboração do leitor Germano, de Campinas

Guerra é paz, Liberdade é escravidão, Veja faz jornalismo

por Pedro Saraiva

Impossível ler o semanário da elite conservadora e não se lembrar do “1984″ de George Orwell. Para quem ainda não o leu, o excelente livro, que ironicamente inspirou um dos mais lamentáveis programas de TV, o Big Brother, conta a história de um regime totalitário que mantém sua vasta população completamente alienada através de atos como eliminar notícias, livros e documentos com informações do passado que possam ser constrangedoras para o “Partido” no presente, reescrevendo-os de modo a que se “adaptem” a nova realidade.

Dilma atrai em SP 50 prefeitos de oposição



Foto: Michel Filho / Agência O Globo
A mobilização de prefeitos pró-Dilma Rousseff (PT) em São Paulo, estado que foi governado pelo candidato tucano José Serra (PSDB), reuniu no início da noite desta quinta-feira 117 prefeitos, sendo que 50 são de partidos que fazem oposição ao governo federal. O evento, organizado pelo PDT, lotou um auditório em um resort de luxo em Campinas com cerca de 500 apoiadores, onde foram feitos discursos de apoio a candidatura petista.
- Decidi apoiar o Brasil que está dando certo - disse o prefeito deJaguariúna, Márcio Gustavo Bernardes Reis (PPS). - Hoje não sei qual será meu futuro partidário, até porque sou do PPS. Mas sei do meu compromisso com o futuro do povo brasileiro. Por isso, ministra, eu seguirei aquela que foi a indicada pelo presidente Lula.
Engolido do Blog do Noblat (Que gosto horrível!!!!)

Brasil é o país sul-americano que mais crescerá neste ano

“A Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal) previu ontem que o Brasil será neste ano o país latino-americano em que a economia vai crescer mais.

Supermercados; Vendas cresceram 3,82% em maio ante mesmo mês de 2009

Monitor Mercantil

“As vendas reais do setor supermercadista em maio de 2010 cresceram 3,82% em relação a maio de 2009. Na comparação com abril, houve estabilidade, com 0,03%. No acumulado dos cinco primeiros meses, as vendas do setor registraram alta de 5,70%, na comparação com igual período de 2009, conforme dados divulgados ontem pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Esses índices já foram deflacionados pelo IPCA do IBGE. 

Dilma: governo cogita dois novos trechos para trem bala

Gustavo Uribe, Agência Estado

"A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, afirmou hoje que as obras de implementação do trem de alta velocidade que ligará São Paulo a Campinas (SP) e ao Rio de Janeiro devem ter início em 2011 e antecipou que o governo federal já estuda a expansão da linha para dois novos trechos, previstos no Plano Nacional de Viação. "A obra deve começar em 2011 e, além desse trem, o governo estuda dois novos trechos: de Campinas a Belo Horizonte e de Campinas ao Triângulo Mineiro."

Dilma aumenta vantagem sobre Serra, segundo o PT

Ricardo Noblat, Blog do Noblat

“A mais recente pesquisa de intenção de voto aplicada só para consumo interno da campanha de Dilma Rousseff amplia a distância que separa Dilma de José Serra.

A vantagem de Dilma agora estaria em oito pontos percentuais, segundo líderes do PT que tiveram acesso aos resultados.

Ibope e Datafolha divulgarão novas pesquisas no próximo fim de semana.”

Primeira imagem de Serra e seu vice

Serra critica movimentos sociais e promete ampliar fronteiras agrícolas

Evento organizado pelo agronegócio teve presença isolada do candidato tucano e perguntas sob medida para a divulgação de sua plataforma eleitoral


Serra critica movimentos sociais e promete ampliar fronteiras agrícolas
O candidato tucano à presidência, José Serra (Foto: Fabio Pozzebom/ABr)
São Paulo - O candidato do PSDB à presidência da república, José Serra, fez críticas ao Movimento Nacional dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e a outras organizações sociais que lutam por reforma agrária. Também disparou contra ONGs ambientalistas, acusando-as de "terrorismo". As afirmações foram feitas nesta quinta-feira (1º), durantesabatina organizada pela Confederação Nacional da Agricultura (CNA), em Brasília. Dos três principais concorrentes ao Planalto, ele foi o único presente ao evento (confira box).
O evento teve presença maciça de senadores e deputados da bancada ruralista no Congresso, além de representantes de setores do agronegócio e do recém-promovido candidato a vice-presidente na chapa de oposição, deputado Indio da Costa (DEM-RJ). A senadora Kátia Abreu (DEM-TO), presidente da CNA, abriu a sabatina, apontando o que considera entraves ao pleno exercício do livre-mercado da agricultura e da pecuária.

Na ‘contramão’ da Ficha Limpa

O Dia

Vice na chapa de Serra se envolveu em acidente e responde na Justiça a processo indenizatório de três pessoas, que o acusam de dirigir em sentido contrário da pista. Também foi indiciado em CPI que investigava irregularidades na merenda

Rio - Antes do primeiro mandato como deputado federal, Índio da Costa foi por três vezes (1996, 2000 e 2004) vereador pelo Rio, sempre alinhado ao ex-prefeito Cesar Maia. Nesse período, o parlamentar se projetou na política e também teve suas duas maiores dores de cabeça ao se tornar réu em processo judicial e alvo de CPI na na Câmara Municipal, que o apontava como principal responsável por favorecer uma empresa em licitações para compra e entrega de merenda nas escolas municipais. Índio é réu em processo que tramita na 6ª Vara Cível do Rio.

Menosprezo pela nação

Por Mauro Santayana


Os candidatos à Presidência da República e seus partidos têm o dever de respeitar as instituições e, com elas, a nação. Cabe-lhes meditar a República, refletir em sua história, respeitar o seu povo. Não se apresentam ao país para uma experiência mas, sim, para reivindicar a mais alta missão a que pode aspirar um homem público. Ao apresentar-se, tendo em vista que a vida de cada um de nós é mera concessão do acaso, é do mandamento constitucional que seu nome seja acompanhado de um eventual substituto, o candidato à Vice-Presidência. O candidato à Vice-Presidência terá que ser uma pessoa preparada para, em caso de vacância, ocupar o cargo com a mesma respeitabilidade e competência do titular.

"Faça o que eu digo, não faça o que eu faço", diz Serra ao vice

quinta-feira, 1 de julho de 2010

É amanhã: mais um dia sem a Globo!!!!

Foto inédita da Abertura da Copa

A Copa dos Bragantinos

Assunto do momento, a Copa do Mundo se tornou muito mais um "evento" do que uma competição esportiva. Parece pouco importar o fato de que a qualidade futebolística chegou ao fundo do poço. E não pára de escavar o subterrâneo. Desde que haja festa, jabulani, supercâmera e os demais agregados comerciais. Esse texto de José Roberto Torero exemplifica a frustração de quem espera ver futebol de verdade. E olha que foi escrito antes do clássico Bragantinosil versus Bragantinugal.

Tirando um ou outro time, um ou outro jogo, a verdade é que a Copa não está sendo um grande espetáculo. É como se fosse um campeonato só de Bragantinos, times esforçados mas sem muito brilho, que até podem chegar a uma final de campeonato, mas não empolgam.

Especulação: Índio da Costa é o vice?




Conheça aqui o deputado federal Índio da Costa, do DEM do Rio, o último cotado para ocupar o lugar que teria sido do senador Álvaro Dias. O que a gente pergunta é: se o deputado agrega tantos votos, por que não foi candidato a governador?Vamos em frente, que o Brasil phode mais!




Com textolivre

"Poste" é o vice do Serra



Como virou moda a mídia e seus bate-paus se dizerem “isentos”, estou à espera de que na Folha de São Paulo, no Estadão, no Globo da quinta-feira saiam “análises” chamando o deputado  Índio da Costa (DEM-RJ) de “poste”, assim como fizeram com Dilma Rousseff por ela ter um currículo considerado pouco denso, digamos assim.
Um leitor deste blog que reiteradamente se mostra simpatizante de Serra e do PSDB e que comenta sem parar aqui, fez a seguinte pergunta: “Quem será que é Índio da Costa?”.